comunista desejosa de glamour hollywoodiano. anarquista com apego material a coisas emocionais. plagiadora que exige direitos autorais



terça-feira, 16 de novembro de 2010

Resposta nº 1

Meu nome não tem ipisilone! (resposta de Silvia para Junia Pereira)


Deus esta solto e mora comigo dizem. Mora comigo.
Os ratos me acompanham, e moram comigo.
Eu sou uma esponja.
América! Eu te dei tudo e agora eu não sou nada.
América não me encha o saco.
Brasil mostra a sua cara
Cazuza tinha a língua presa.
E eu votei na Dilma.
Agora não se fala nada.
Todos os poetas cantam do hospício.
É preciso ser absolutamente moderno.
Vaibicho. Desafinar ocorodoscontentes
Ocorodoscotentes. Ocorodoscontentes.
Sim sou captu!
Eu sou inocente ainda que culpada.
Bentinho era um bosta.
Machinho de merda.
Aprendeu retórica.
Essa mania.
Essa mania de convencer os outros pelo método!
Mulher é desdobrável.
Eu sou! Ainda que gauche.
E gênio. Gênio? Você sabe. Esse papo de nerd português do século passado.
Retrasado.
Carrego comigo um troço de culpa e um traço de glória.
Porque você não escreve a sua madame Bovary?
Porque só aquela madame Bovary que deu certo porra!
Os tempos mudam Hilda, disse Lady Gaga.
Enfim:
Perder tempo. Gritar e rolar no asfalto feito uma primitiva.
Podem vaiar!! Vaia de bêbado não vale.
Me desclassifiquem.
Quanto a mim, a voz tão rouca, fico por aqui comparecendo aos atos públicos, pixando muros contra usinas nucleares, teatrinho com temática ambiental, um dia de monja, um dia de Joplin, um dia de puta, um dia madre Teresa de Calcutá.
As armas chegarão amanhã sem falta! Vai ser bonita a festa, pá.
Ninguém vai me impedir de cantar “don´t smoke in bed” em cima de um piano de calda!
Ô! Psiu! É com você mesmo, bee.
Deus está solto.(uuuuuuuuuuuuuuu).

Um comentário:

Fuckdelis disse...

um deus dança em vc!